domingo, 20 de junho de 2010

Diástase do Reto Abdominal


Recebi hoje um e-mail da leitora Lilian, relatando sintomas de Diástase do Reto Abdominal e angustiada pois não sabe como tratar esse problema. Segue a mensagem dela e a minha resposta. Obrigada Lilian!

Olá, Angela

Acompanho seu blog há algum tempo.
Estou entrando em contato para verificar se vc tem alguma indicação de médico ortopedista ou fisiatra ou alguma especialidade q pudesse me ajudar a melhor posicionar sobre um problema q tive na gravidez. Minha bebê está com 4 meses. Tive polidramnio a partir da 27 semana. Rompi músculos do abdomen e um cirurgiao me disse q só consigo voltar com o abdomen melhor com a cirurgia. O problema é q é algo super agressivo. Eu amamento bastante. Meu outro filho mamou até dois anos. Conversei brevemente com um fisioterapeuta que citou pilates e me recomendou fazer ultrasson. Eu não fiz pq preciso entender q médico procurar. Estou perdida. Esse médico q consultei era cirurgião plástico. Fiquei muito chateada.

Vc tem alguma dica para me dar?


Oi Lilian
Bem, obrigada por acompanhar meu blog.
Vamos por partes. Primeiro quero entender o que você considera como ruptura dos musculos do abdomem. Será que é a diástase do reto abdominal? Quando você faz algum esforço abre-se um espaço na linha média do tronco, como demonstrado na figura anexa? Se for isso, é diástase do reto abdominal (DRA).

Bem, se for mesmo a DRA, não necessariamente foi causada pelo polidrâmnio, esse problema geralmente se desenvolve em mulheres que têm fraqueza muscular e que têm um grande aumendo do volume abdominal, seja por polidrâmnio, por ganho excessivo de peso ou por um bebê muito grande. Mas a causa é uma dificuldade de adaptação muscular e não o polidrâmnio em si.

De qualquer maneira, o melhor tratamento para DRA não é o cirúrgico. Existe sim a cirurgia, mas além de muito grande, dolorosa e complicada, ela não tem boa eficácia. O tratamento deve ser feito com exercícios orientados por um fisioterapeuta, que avalie e entenda o problema. Exercícios de pilates podem ser usados, bem como outros, desde que com supervisão adequada. O ultrason não tem indicação, no meu entendimento. O foco é fortalecer esse músculo para ele voltar à função.

É importante ressaltar que essa diástase pode agravar problemas relacionados à fraqueza abdominal, como problemas de coluna e de assoalho pélvico, além da aparência estética desagradável de "barriga flácida" ou estômago alto" como algumas pessoas costumam referir.

Espero ter ajudado.
Atenciosamente,
Angela

46 comentários:

  1. Olá, bom dia, tenho o mesmo problema, pois tive gravidez gemelar, até o momento não tive coragem de fazer a cirurgia, pois minhas filhas estão com 2anos e 5 meses. Quando fui ao médico, me informaram que era hérnia + diastáse do reto. Minha barriga está horrível, flácida, alta e aparentemente parece que está tudo solto. Até evito alguns tipos de alimentos, pois quando produz gases, fica até umas "bolas" na barriga. Tenho um biotipo pequeno e até magro, então a barriga me incomoda muito. Adriana

    ResponderExcluir
  2. Oi, tb estou c o mesmo problema. Perdi peso muito rapidamente depois da gravidez, mas a barriga continua muito volumosa.. quer dizer pela manha nao tem barriga nenhuma, mas basta ficar em pe por algumas horas q aparece. Fui a um cirurgiao e ele falou q a unica maneira de tratar eh c a abdominoplastia, mas ainda penso em ter outro filho, entao qria saber se ha chances de reverter esse quadro soh c ginastica ou outro tratamento menos invasivo. Estou muito chateada c meu corpo.. evito ateh sair de casa.

    ResponderExcluir
  3. Olá ! Depois de quatro anos do parto, tem como resolver o problema apenas com exercícios? Grata,
    Zilene

    ResponderExcluir
  4. Dra Angela,

    Tive a chance de ler seu blog e muito me interessou seu artigo do dia 20 de Junho deste ano. Isto porque tenho abdome flácido devido a perda de peso e pretendo engravidar. Tenho medo de que a flacidez de meu abdome (e também a visível queda da alça intestinal) possam facilitar outros problemas numa possível gestação (como a diástese abdominal).
    O que devo fazer? Abdominais resolvem? Também gostaria de consultar profissionais especializados como a senhora, mas moro no Rio de Janeiro. A senhora poderia me indicar algum?

    Desde já, agradeço sua atenção.

    ResponderExcluir
  5. Olá Angela, estou com 34 semanas de gestaçao, sinto dores fortes do tipo "queimaçao", em regiao superior abdominal E, e "amortecimento" na parte superior da batrriga. Pode ter alguma relaçao com diastase abdominal??
    Obrigada!!!

    ResponderExcluir
  6. Olá Angela! gostaria de saber se a diastese provoca dores e aumento de abdomem como se vc estivesse gravida de 9meses?porque estou com problema de abdomen muito alto , e piora quando varro uma casa , faço esforço fisico, até mesmo se eu me alimentar um pouco mais.

    ResponderExcluir
  7. Olá Pessoal
    Neste post recebi muitos comentários anônimos, ue não me permitem responder a quem fez a pergunta. E as respostas a estas perguntas são loongas e dariam vários novos posts!
    Resumidamente, vamos lá:

    1- Em casos mais severos realmente a cirurgia é o único tratamento para a diástase. Para saber se é o seu caso, procure um fisioterapeuta e um cirurgião plástico. De qualquer forma, os exercícios abdominais orientados podem ter um bom resultado e não têm contra-indicação ou complicações, pelo contrário, só benefícios. Em breve vou colocar algumas dicas de exercícios abdominais para prevenir e tratar a DRA. O pilates e a ginástica hipopressiva podem ter melhores resultados, musculação e exercícios mal-orientados podem agravar o problema.

    2- Para evitar a diástase, o melhor é prevenir! Evite ganhar muito peso e fortaleça os abdominais antes e durante a gestação.

    3- A diástase não causa "dor" nem "queimação", é uma alteração estética, não tem sintomas clínicos.

    4- Dificilmente você terá um aumento muito grande do abdomem "como se estivesse grávida de 9 meses". A alteração aparece durante o esforço e volta ao normal no repouso. Não causa dor nem aumento permamente do diâmetro abdominal. Procure outras causas para este desconforto.

    Bem, é isso aí!
    Angela

    ResponderExcluir
  8. Olá, Ângela.!
    Ainda ficou uma dúvida, li os posts anteriores e sua resposta, mas gostaria de saber se depois da prática de exercícios se há como o abdomém voltar ao normal. Tenho 32 anos e uma filha de 3 anos e somente agora entendi o que aconteceu e é diástese abdominal, tenho os sintomas citados como flacidez. E olhando para trás vejo que minha mãe, minha tia tb apresentam diástese, sei que q é hereditária...
    Grata,
    Fernanda RJ

    ResponderExcluir
  9. Boa noite, Ângela!
    Meu filho de quatro anos tem DRA (aprox. 3cm) e os médicos indicam cirurgia, porém vejo como um procedimento muito invasivo, além da cicatriz que fica. Após seu nascimento, soube que também possuo DRA e nunca foi um problema pra mim, tanto que só o descobri há pouco tempo.
    Queria saber até que ponto esse tipo de tratamento fisioterápico é eficiênte para o caso dele.
    Obrigado!

    Peterson

    ResponderExcluir
  10. Olá Ângela!
    Meu bebê tem 11 meses, durante a gravidez engordei 24 quilos, sou pequenininha e sempre fui magra, meu bebê nasceu com quase 4 quilos, após a gravidez perdi peso rapidamente e apresento DRA e hérnia umbilical. Nesse caso, os exercícios para DRA resolvem para o umbigo voltar ao normal ou só mesmo a cirurgia?
    Fiz um mês de Pilates, 2 vezes na semana, mas sentia muitas dores no abdômen quando fazia os exercícios e desisti. O momento que mais sinto dor é ao alongar o abdômem. Sinto desconforto também ao pegar peso ou fazer alguma atividade que preciso abaixar e levantar.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  11. olá ,meu nome é iolanda,faz sete anos que tive meu bebe e achava que abdominal abria mais a diastase, quero saber quais execicios eu posso fazer para corrigir esse problema.

    ResponderExcluir
  12. meu email é iolandamaria46@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá, me chamo Flávia.
    Estou com esse problema, meu bebe tem 4 meses. Pensei em fazer abdominoplastia, mas creio que não seja muito indicado para a minha idade, e é um metodo muito agressivo. Oque eu posso fazer para corrigir? corrigi totalmente? devo proucurar um fisioterapeuta? por favor, não sei oque fazer.
    Meu e-mail : flavinha-mb@hotmail.com

    Obrigada.

    ResponderExcluir
  14. ola me chamo teresa carvalho,,estou um tanto quanto preocupada tive um bebe que tem 2 aninho nasceu com 4 k 120 e 53 cm,, muito grande era ela,, nao sei se foi disso ou sei q de nunca mais consegui ter uma barriga pequena, muito pelo contraio ta muito grande ate parece q tou gravida,, fui ao medico fiz uma ultrasson disse q tinha hernia na linha branca, depois fui ao cirugia ciente q iam me operar da hernia la na consulta disse q nao tinha hernia e sim uma diastase do rectos,, com indicacao "CIRUGICA BORDErline",,,nao sei o que fazer nunca tinha ouvido falar no assunto tou deseperada,, sera que poderei ter filho novamente?! sera que a cirgugia é complicada?! tenho consulta de anestesia dia 8 de agosto,, para se calhar marcarem a cirugia.. nao sei estou muito preocupada,, cheia de duvida e medo sera que a snehora pode me ajudar...bjo e obrigada,, meu imail é oliviadarling2000@hotmail.com
    nome tereza

    ResponderExcluir
  15. Ola a todas..

    Gostaria de acrementar ao que Angela ja informou..

    A Prevencao com Pilates ou outra forma de exercicio e a melhor forma de resolver...Porque?
    Apos o parto, se a mulher nao fizer aquilo, a famosa linha branca vai tentar se recompor por meio de construcao de tecido nao muscular, impedindo a reaproximacao dos musculos abdominais..Depois so cirugia resolve..
    Regine Marton MS CNM Watsu Provedor Enfermeira Obstetra e Doula

    ResponderExcluir
  16. Caras,

    Acrescento que em caso muito severo, só a cirurgia mesmo. Sou a Lilian, que originou o post inicial da Angela. Tentei, fui a médicos e fisioterapeutas e não foi possível. Terei que recorrer à cirurgia. Ainda ficou 5cm de diástase. Mesmo fisioterapeutas são reticentes e dizem que pode melhorar a situação para uma eventual cirurgia, dependendo do caso. E olha que eu fiz atividade física bem orientada durante a gravidez e me cuidei bastante. Em algumas situações, não tem jeito. Minha barriga ficou imensa e sou muito pequena. Acho que depende muito do biotipo também. Boa sorte a todas. Aconselho procurar também um bom cirurgião para avaliação e confrontem as opiniões. Invistam em fisioterapia se for ter resultado. Se não, só cirurgia mesmo. Vou para a cirurgia bem chateada, mas não teve jeito.

    Lilian

    ResponderExcluir
  17. Ola, me chamo Inae e compartilho o problema com as colegas. Tenho gemeos de 5 meses e um filho de 2 anos e 5 meses. O diagnostico clinico do cirurgiao constatou uma diastase grande e uma hernia, claro que foi indicado fechamento cirurgico, mas eu nao quero fazer. Tenho 38 anos e pratico polo aquatico. Voltei a piscina apos 2 meses do parto, mas nao faco outros exercicios por medo da hernia. Sera possivel reverter a diastase com exercicios apesar da hernia, ou isso eh perigoso? Sinto muitas dores no abdomem e senti sim muitas dores durante a gestacao. Parece que tenho pequenas lesoes em varias partes do abdomem (sempre da linha do umbigo pra cima). Voltei a usar cinta para sentir menos dores. Estou confusa, voce poderia me dar uma orientacao? Obrigada. inae.magno@uol.com.br

    ResponderExcluir
  18. Me chamo Renata Leite e tenho muitas dúvudas sobre esse pequeno problema que possuo e gostaria que você me esclarecesse. Tive meu bebê em junho de 2009 de uma cesarea e hoje ele está com 2 anos e 4 meses. Ele nasceu com 3600 kg e 50 cm. Fiz uma ultrassonografia do abdome total e constatou um afastamento da musculatura dos retos abdominais em região Supraumbilical. Gostaria de saber se isso é uma diástase?
    Fui ao cirurgião e ele me falou que estou com uma pequena hérnia e por ser pequena não precisaria operar.
    Minha ginecologista e obstetra falou que eu só operaria a hérnia depois de uma próxima gestação, já que penso em ter outro filho.
    Minha pergunta é, será que posso ter uma gestação tranquila tendo esse afastamento da musculatura dos retos abdominais em região sumpraumbilical? Seria uma gravidez de risco? A hérnia não atrapalharia também a gestação? Será que pilates seria uma boa opção para a correção ou diminuição desse afastamento? E mesmo com todo esse tempo que tive meu filho, ainda há tempo da correçaõ desse afastamento?
    Posso fazer pilates ou outro exercício tento uma hérnia que acho que é umbilical?
    E outra pergunta posso pegar peso e usar cinta?
    Gostaria muito de sua orientação já que mesmo procurando ajuda nos consultórios médicos ainda tenho muitas dúvidas.
    Obrigada. (Meu e-mail) re_nataleite@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  19. Prezada Dra. Angela,
    Ao realizar pesquisas acerca de barriga flácida após a gravidez, fiquei surpresa e assustada, pois acho que tenho DRA. Toda a vez que tiro a cinta, eu fico com um desenho de um zíper, no meio do umbigo, na linha nigra, exatamente como na figura acima postada pela Sra. Faz quase 3 meses que tive meu filho, e foi de parto cesárea por indicação da Obstetra, visto que ele era grande. Ele nasceu com 52cm e 3.865kg. Na minha gravizez, eu engordei 14 kg e já perdi tudo, contudo a minha barriga flácida continua o que me deixa muito triste. Deste modo, gostaria de saber: Devo procurar um fisioterapeuta para ter certeza que tenho DRA ou as características citadas são suficientes? Só serve o Pilates e "ginástica hipressiva", ou tem algum exercício que posso fazer em casa para o abdomen voltar? Geralmente, quanto tempo demora para que os abdominais voltem devidamente para o lugar? Tenho a intenção de ter um 2º filho daqui há 2 anos, assim, é certo que tb vou ter DRA ou tem algum meio de prevenir? Desde já agradeço a atenção. Abraços. Marielle (mariellepires@yahoo.com.br)

    ResponderExcluir
  20. ME CHAMO ANDREIA FAZ 4 MESES QUE FIZ UMA PLASTICA (ABDOMEPLASTIA)QUANDO FAZIA 2 MESES DE RECUPERAÇAO TIVE UMA TOSSE VIOLENTA DAI ADIANTE PERCEBI QUE MEU ABDOME COMEÇOU A FICAR INCHADO E SEMPRE QUE EU ME ALIMENTO PIORA ,FALEI COM O MEDICO E ELE FALOU QUE TEM QUE ESPERA FECHAR 6 MESES DE CIRUGIA QUE ANTES DISSO NAO TEM RESULTADO DA CIRUGIA ,ENTAO DOUTORA GOSTARIA DE SABER SE EXISTE A POSSIBILIDADE DE TER TIDO ALGUMA ALGUMA ALTERAÇAO NO RETO DO ABDOMINAL..OBRIGADO PELA ATENÇAO...ANDREIA DIAS DE SOUZA DE PORTO ALEGRE RIO GRANDE DO SUL..E-MAIL E ANDREIA.3636@GMAIL.COM

    ResponderExcluir
  21. Me interessei muito pelo blog, pois estou com o mesmo problema de DRA, quando descobri o médico já disse que estaria com uma hérnia, me assustei muito,pois morro de medo de cirurgia.Me encaminhou para um cirurgião do qual me disse que não estava com hérnia e sim com diastase do reto abdominal o que me deixava com o aumento da barriga e mais sicetivel a ter uma hérnia na região do umbigo, mas que ela ainda não existia. Gostaria de saber se isso é verdade se posso mesmo ter uma hérnia, o que posso fazer para tentar com que a DRA não me traga agravantes. Tenho dúvida também se em uma próxima grávidez posso ter problemas e se devo tomar algum cuidado durante a gestação e sobre o parto se é indicado o parto normal. E a DRA tem algum sintoma. Pois tenho sentido a barriga crescer de repente, enjoo e queimação no estomago.
    Meu e-mail é: carlanascsilva@hotmail.com , tenho 26 anos, meu parto foi normal a 4 anos e durou 13 horas.
    Desde já agradeço a atenção e por favor me responda pois estou angustiada com esse problema.

    ResponderExcluir
  22. Sou a Liian, do post inicial. Fiz a cirurgia em SP no último dia 1 de fevereiro e segundo o cirurgião tudo está bem. É bem incômoda, mas nada insuportável. Sugiro que procurem um bom médico cirugião plástico e conversem bastante com o ginecologista. Se for uma grande diástase de nada adianta a fisioterapia. Tive hérnia e a diástase ultrapassava os 5 cm. Daqui a seis meses, quando terei o resultado final da cirurgia, volto a comentar no blog da Ângela. Ah! E realmente só vale fazer a cirurgia se não for mais ter mais filhos...

    ResponderExcluir
  23. Bom dia.Meu nome é Franciane tenho 18 anos e nunca engravidei e acabei de fazer uma cirurgia de hernia umbilical + diástase do reto, mas como foi falado pelo meus médicos e pelas pesquisas que realizei a diástase do reto acontece em mulheres grávidas ou que já tiveram gestação. Gostaria de saber como posso ter tido isso e se o fato deu ter realizado a cirurgia irá afetar futuramente quando eu tiver uma gravidez.

    ResponderExcluir
  24. Drª Angela, meu bebê, ja está com um ano e nove meses, e me encontrava com uma hérnia umbilical e segundo o cirurgião uma hérnia epigastrica, realizei cirurgia a 15 dias atrás, no local da hérnia umbilical não encontro mais nada, porém na região epigastrica, quando toco sinto o mesmo nodulo de antes, tem alguma possibilidade de ser diatase do reto abdominal? como posso tratar, já que já realizei cirurgia, para corrigir a tal hénia? passar por outro procedimento cirurgico agora não estar nos meus planos. aguardo suas orientações.
    ANINHA(aninhaneres44@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  25. Olá, meu marido teve uma crise de Hernia Umbilical, e com os exames descobrimos também uma Diástase Abdominal, o médico que o atendeu realizou as duas cirurgia, hoje completa 25 dias de cirurgia, nas proximidades abaixo do umbigo ainda encontrasse um pouco roxo e meio duro, enfim, gostaria de saber quanto tempo deve ser o repouso?? A coluna dói depois da cirurgia?? E em relação a bebida alcoolica e cigarro?? Já pode voltar a vida sexual?? A Srª indica algum procedimento a mais?? Aguardo anciosa por suas orientações.
    Lília Lima (lilia_bahia30@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  26. quais os exercícios indicados para amenizar o problema de DRA?

    ResponderExcluir
  27. quais os exercícios indicados para amenizar o problema de DRA?

    ResponderExcluir
  28. Olá Meninas
    Me chamo Carla, moro no RJ e também possuo DRA junto com uma hérnia umbilical. Fiquei assim após a gravidez da minha 1ªfilha. Agora que já tive a segunda e não pretendo mais ter filhos vou fazer a cirurgia reparadora. Vale ressaltar que encontrei um cirurgião que irá me operar pelo umbigo sem a necessidade de abrir a barriga com aquele corte horroroso da abdominoplastia. Estou aqui para falar que todas vocês tem que procurar ouvir vários médicos. Antes de decidir operar tb tentei ginástica, a qual faço até hoje, mas na maioria dos casos ela só ameniza o problema. Um grnade beijo e volto aqui para contar após realizar a cirurgia
    Carla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me da o telefone desse medico? Mariane.sa@globo.com

      Excluir
    2. Me da o telefone desse medico? Mariane.sa@globo.com

      Excluir
    3. Tb gostaria de saber o medico por favor tatianacbleote@gmail.com

      Excluir
    4. Oi Carla preciso operar tbm me passa o local e nome desse médico por favor!!

      Excluir
    5. Meu email elainemarcela @hotmail.com

      Excluir
    6. Carla meu contato
      Email elainemarcela @hotmail.com

      Excluir
  29. Drª
    Bom dia!
    Max Carvalho dos Santos, tenho 45 anos sexo masculino, ew sinto um encômodo com a dia a diastese, qual o precedimento correto para sanar este problema? Cirurgia ou Fissioterapia?
    Moro em Aracaju Se gostaria que a mesma indica-se algum profissional capacitado para resolver este problema

    SEM MAIS
    ATENCIOSAMENTE.
    comercial.sergipe@aguaentrerios.com.br

    ResponderExcluir
  30. Bom dia, mor em Sp, estou procurando auxílio em relação ao assunto, pois tive uma gravidez gemelar e outra de um bebê grande. Na 35 semana fui a um fisioterapeuta que me falou da possível diástase, pois mesmo com o barrigão já dava para perceber a distância no abdômen.
    Gostaria de orientações quanto a isso, até mesmo indicação de profissionais... Ficarei muito grata.
    Abraços

    ResponderExcluir
  31. Meu nome é Reginaldo e tenho DMRA com abertura de 4cm estou fazendo fisio com abdominais quero sua opinão. No exame os músculos estão preservados e não há herniação. por favor rogo sua opinião
    meu E-mail é ongterraverde@gmail.com

    ResponderExcluir
  32. ENTENDI MAIS QUAL O PROFISSIONAL EU DEVO PROCURA,TALVES UM FISIOTERAPEUTA

    ResponderExcluir
  33. qual o especialista eu devo procurar.
    laudioneabel@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  34. ola, gostaria de saber se existe tratamento para diastase nos hospitais da rede publica.e si os profissionais de academia (personal trainer)podem nos ajudar com os exercicio de fortalecimento dos musculos.estou desesperada,penso nisso o tempo todo.

    ResponderExcluir
  35. Olá! Meu nome é Andreia estou grávida de 27 semanas. Encontrei seu Blog procurando por outros assuntos relacionados ao abdome.
    Fiquei curiosa em saber qual o resultado da cirurgia da Lilian, pois não retornou após os 6 meses para detalhar qualquer coisa...
    Minha maior dúvida: há algo que possa ser feito para evitar o DMRA? Pois, pratico Pilates há algum tempo (antes mesmo da gravidez), mas tenho casos de Abdominoplastia com indicação clínica (e não apenas estética) na família o que pode apontar para uma tendência genética.
    Meu peso está controlado, na realidade quem está engordando e crescendo é o Bebê. Engordei o suficiente para suportar os líquidos que transporto, a circulação necessária e a alimentação do BB. enfim...
    Por gentileza, se ainda utilizar este blog, pode me responder??? Obrigada!
    andreiasouto@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também aguardo ansiosamente o resultado da Lilian!

      Excluir
  36. Nooossa como você me ajudou, já estava desesperada pensando que era algo terrivel o que eu tinha meu médio diagnosticou diastase e já pensei logo na cirurgia, que ótimo que pode ser resolvido com pilates, por isso que os médicos nunca achavam qual era realmente o meu problema de coluna, uma coisa que interliga com a outra.

    ResponderExcluir
  37. Olá tenho 26 anos, e tenho uma filha com 2 aninhos, to lutando contra a minha ´´barriga grande ´´ até hoje e ontem no dia da minha filha fazer dois aninhos descobrir que não tenho uma hernia no abdômen e sim uma diastase, mais eu estava com quase tudo para operar a hernia sem a ter.. ii agora o que devo fazer se não é hernia e sim diastase , é a mesma cirurgia??? qual a cirurgia que devo fazer???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. responda por favor no meu e-mail..
      Jordanacelly@ hotmail.com

      Excluir
  38. OLA EU FIZ UMA CIRURGIA DE PERINEOPLASTIA E LAQUIADURA NA CIRURGIA O MEDICO PERFUROU MEU INTESTINO COM O BISTURI E LOGO APOS 4 DIAS TIVE QUE FAZER CIRURGIA COM UMA EMORRAGIA MUITON GRANDE, A SEGUNDA CIRURGIA FOI MUITO GRANDE E LOGO APOS SE ABRIU E DEPOIS TEVE QUE SE FECHAR SOSINHA E POR ISSO FECHOU POR FORA E NAO FECHOU POR DENTRO HOJE ESTOU COM DIASTASE E HERNIA INCISIONAL ESTOU OLHANDO COM CIRURGIÃO GERAL E CIRURGIÃO PLASTICO PRA VER O QUE É MELHOR PRO MEU CASO SINTO MUITAS DORES INCHAÇO E QUEIMAÇÃO POR DENTRO DA BARRIGA MAS DEPOIS DE TUDO QUE PASSEI TENHO UM TRALMA MUITO GRANDE QUE ME AMEDRONTRA DIANTE DESSA SITUAÇÃO PF ME AJUDE QUERIA UMA OPINIÃO SUA...

    Att
    Margareth

    ResponderExcluir

Por favor, deixe seu nome e e-mail para que eu possa responder o comentário. Obrigada pela visita!