A influência do estresse no ciclo menstrual

O estresse no ciclo menstrual pode afetar e ter consequências negativas nas mulheres. Essa condição é um produto da fadiga mental que surge quando nos sobrecarregamos de tarefas e responsabilidades, causando alterações que afetam o desempenho na nossa rotina diária.

Alguns fatores que podem causar estresse são o excesso de trabalho, a casa, ou os filhos, etc., e costumam provocar sintomas como:

  • Dores de cabeça
  • Contraturas musculares
  • Problemas intestinais ou cardíacos
  • Diminuição das defesas do sistema imunológico
  • Astenia (fadiga ou cansaço)
  • Sonolência

Tipos de estresse 

Para gerenciar efetivamente os efeitos dessa condição é necessário identificar que tipo de estresse você está vivenciando. Este é classificado de acordo com suas características e sintomas.

Estresse agudo

É a forma mais comum de estresse, sua duração é curta, e é causada por situações momentâneas que causam um sobre-excitamento temporário.

Entre os momentos que podem desencadeá-lo, encontramos:

  • Um casamento
  • Um acidente de carro
  • A morte de algum ente querido

Estresse agudo episódico

É prejudicial e pode requerer ajuda médica. Geralmente ocorre em pessoas que são desorganizadas e levam uma vida muito agitada.

Elas estão constantemente envolvidas em situações que causam excesso de excitação.

Estresse crônico

É responsável por muitas alterações no nosso corpo, como as alterações no ciclo menstrual. É um estresse exaustivo que desgasta gradualmente à pessoa que o sofre.

Este surge quando a pessoa é pressionada ou sobrecarregada por alguma demanda, e passa a acreditar que não há saída para seus problemas.

Geralmente acontece em pessoas que têm problemas econômicos, famílias desestruturadas, que vivem em um casamento infeliz, trabalham em empregos desagradáveis, ​​ou não gostam do curso que estudam.

Leia também!

Deixe um comentário