Cicloprimogyna engravida? Como funciona? Quais efeitos colaterais?

Para que serve o Cicloprimogyna

A Cicloprimogyna é um medicamento destinado a terapias de reposição hormonal a fim de proporcionar o alívio da menopausa, podendo ser utilizado também para tratar alterações do ciclo menstrual.

Como funciona o Cicloprimogyna

Esse medicamento é composto por dois tipos diferentes de hormônios, que são o levonorgestrel (que é um progestógeno) e o valerato de estradiol, que atuam repondo os hormônios que o organismo deixa de produzir.

O estradiol é um hormônio que atua prevenindo e aliviando os sintomas causados pela menopausa, tal com sensação de calor, irritação, alterações do sono, dores de cabeça, ressecamento vaginal e outros.

Já o levonorgestrel atua evitando que ocorra o espessamento da camada interna que reveste o útero.

Composição

Cada drágea de cor branca de cicloprimogyna contém:

Valerato de estradiol …… 2mg

Excipientes: lactose, amido, povidona, talco, estearato de magnésio, sacarose, macrogol, carbonato de cálcio, cera montanglicol.

Cada drágea pardo-avermelhada de cicloprimogyna contém:

Valerato de estradiol ……….. 2mg

Levonorgestrel ………. 0,25mg

Excipientes: lactose, amido, povidona, talco, estearato de magnésio, sacarose, macrogol, carbonato de cálcio, cera montanglicol, glicerol, dióxido de titânio, pigmento de óxido de ferro amarelo, pigmento de óxido de ferro vermelho.

Como tomar o Cicloprimogyna

Para quem ainda menstrua, o início do uso de cicloprimogyna deve ser feito no 5º dia do ciclo menstrual, considerando que o 1º dia do ciclo é aquele em que ocorre a menstruação.

No entanto, se não houver mais ciclo menstrual ou se eles estiverem irregulares, é preciso seguir a indicação médica para o início do tratamento.

Cada cartela de cicloprimogyna contém 21 drágeas, sendo que 11 são brancas e 10 pardo-avermelhadas, que estão em sequência numérica, começando pelo número 1 que é a drágea com a marcação de início.

Então, deve-se tomar apenas uma drágea por dia, segundo as setas e números até completar os 21 dias, fazendo um intervalo de 7 dias e recomeçando uma nova cartela em seguida;

Sempre siga a orientação do médico a respeito dos horários, posologia e duração do tratamento. Cicloprimogyna não deve ser partido, aberto ou mastigado.

Contraindicações

A cicloprimogynaé um medicamento contraindicado nos seguintes casos:

  • Gestação e lactação
  • Sangramento vaginal de origem desconhecida
  • Suspeita ou diagnóstico de câncer de mama
  • Suspeita ou diagnóstico de câncer que se desenvolve sob efeito de hormônios
  • Histórico ou presença de tumor hepático (maligno ou benigno)
  • Doença hepática grave
  • Ocorrência recente de derrame ou ataque cardíaco
  • Ocorrência recente ou prévia de formação de coágulos sanguíneos (trombose) nas pernas ou pulmões
  • Reação de hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da formulação de cicloprimogyna.

Caso o paciente desenvolva ou apresente qualquer uma dessas condições no decorrer do tratamento, o uso de cicloprimogyna deve ser descontinuado.

Precauções

Antes de fazer uso de cicloprimogyna o médico pode solicitar alguns exames gerais e ginecológicos, bem como avaliar o histórico familiar e clínico da paciente e no decorrer do tratamento devem ser realizados exames regulares para controle.

Caso haja suspeita de disfunção no fígado, o médico irá controlar a função hepática.

Embora a apresentação e o uso sejam semelhantes, a cicloprimogyna não é um contraceptivo oral e não deve ser utilizado para essa finalidade.

Sempre comunique ao médico se a ocorrência de sangramentos irregulares continuar, mesmo depois dos meses iniciais de tratamento.

Se houver suspeita de adenoma na hipófise, é preciso que essa suspeita seja descartada antes do inicio do tratamento.

O tratamento realizado com cicloprimogyna deve ser interrompido caso se desenvolva icterícia ou ocorra uma gravidez.

Esse medicamento não deve ser utilizado sem que haja recomendação médica para isso.

Efeitos colaterais do Cicloprimogyna

As reações adversas decorrentes do uso de cicloprimogyna são as seguintes, de acordo com a sua ocorrência.

Reações adversas comuns (que ocorrem entre 1 e 9 pessoas a cada 100):

  • Aumento ou elevação do peso corporal
  • Dor de cabeça
  • Dores abdominais
  • Náuseas
  • Erupções cutâneas
  • Coceira
  • Sangramento vaginal, incluindo sangramentos irregulares

Reações adversas incomuns (que ocorrem entre 1 e 9 pessoas a cada 1.000):

  • Hipersensibilidade (alergia)
  • Estado depressivo
  • Tontura
  • Alterações visuais
  • Má digestão
  • Palpitação
  • Eritema nodoso
  • Dores
  • Urticária

Reações adversas raras (que ocorrem entre 1 e 9 pessoas a cada 10.000): 

  • Ansiedade
  • Diminuição ou elevação da libido
  • Enxaqueca
  • Vômito
  • Intolerância ao uso de lentes de contato
  • Distensão abdominal
  • Crescimento de pelos em excesso
  • Cãibras
  • Acne
  • Dismenorreia
  • Secreção vaginal
  • Fadiga
  • Aumento das mamas

Sempre informe ao médico sobre a ocorrência de reações indesejáveis decorrentes do uso desse medicamento.

Superdosagem

Até o momento não existem relatos reações adversas decorrentes de uma superdosagem de cicloprimogyna, no entanto, pode haver vômitos, náuseas e também a ocorrência de sangramentos irregulares.

Para isso não é necessário realizar tratamento, mas caso haja dúvida, basta consultar um médico.

Caso ocorra o uso de uma dose maior do que o indicado, deve-se procurar por socorro médico o mais rápido possível, levando consigo a embalagem ou a bula do medicamento. Para mais informações e orientação, ligue para 0800 722 6001.

Leia também!

Deixe um comentário