Pílula do dia seguinte atrasa a menstruação?

A pílula do dia seguinte é conhecida de todas as mulheres. Mesmo as que nunca usaram sabem que existe e para que serve. Essa pílula é um método contraceptivo de emergência que é usada para impedir uma gravidez indesejada quando a relação sexual aconteceu desprotegida.

Como o próprio nome diz, ela não pode ser usada como rotina, pois prejudica o organismo feminino. Inclusive, uma das principais dúvidas das mulheres é se a pílula do dia seguinte atrasa menstruação.Veja a resposta.

Normalmente ela é usada quando o preservativo rompeu e não cumpriu com sua função ou porque o anticoncepcional diário foi esquecido por mais de um dia.

Pílula do dia seguinte. Imagem: Google

Pílula do dia seguinte atrasa menstruação: sim ou não?

Para saber se a pílula do dia seguinte atrasa menstruação, precisa entender como ela funciona. Quando é tomada na primeira metade do ciclo, ou seja, nas duas semanas antes da menstruação, a pílula vai retardar a ovulação por vários dias, impedindo que o espermatozoide encontre um óvulo para fecundar.

Já quando a pílula é tomada na segunda metade do ciclo, ou seja, em algum dia das duas semanas após a menstruação, sua função vai ser de alterar a viscosidade do muco cervical para dificultar a passagem dos espermatozoides, evitando a gravidez.

Essa pílula pode ser tomada até 5 dias depois de ter ocorrido a relação desprotegida, mas quanto antes tomar, melhor. Se tomada em até 12 horas depois da relação, ela oferece 95% de eficácia.

Agora, quanto à questão principal, se a pílula do dia seguinte atrasa menstruação, a resposta é sim. Essa pílula tem a capacidade de reprogramar o ciclo menstrual,já que vai agir diretamente na ovulação da mulher.

A partir do momento em que a mulher toma a pílula, não tem como saber o que vai acontecer com o seu ciclo. Pode ser que a menstruação ocorra dentro de alguns dias, pode ser que venha na data de costume ou que demore muito mais. Vai depender de quando a pílula foi tomada, se na primeira ou na segunda fase do ciclo menstrual.

Nesse caso do atraso prolongado é comum ficar preocupada, pois somente quando a menstruação descer vai ter certeza de que não engravidou. O jeito é esperar e ficar prestando atenção nos sinais do corpo para saber como essa reprogramação foi feita.

Outra informação importante é que, quanto mais vezes tomar a pílula, menos efeito ela vai fazer. Por isso também que ela deve ser tomada apenas em casos emergenciais.

O excesso de hormônios contidos nessa pílula causa efeitos colaterais, então não se desespere caso comece a enjoar e até vomitar, não quer dizer que esteja grávida.

Mesmo assim, o ideal é consultar o ginecologista caso tenha efeitos colaterais preocupantes. Se o vômito acontecer em até 4 horas depois de tomar a pílula, deve tomar outra, pois essa não vai funcionar.

Outras coisas que atrasam a menstruação

Além da pílula do dia seguinte, existem outros fatores que interferem no ciclo menstrual da mulher.

Estresse e ansiedade

Mulher estressada. Imagem: Alto Astral

As mulheres que vivem dia após dia sob pressão psicológica podem sofrer com o atraso menstrual. Isso porque as alterações na atividade cerebral da pessoa que sofre com alto estresse faz com que seus hormônios fiquem desregulados, inclusive os responsáveis pelo ciclo menstrual.

Alterações hormonais

O ciclo menstrual envolve diferentes tipos de hormônios. Então, qualquer problema hormonal que esteja acontecendo poderá afetá-lo. Além das alterações hormonais normais que acontecem com a mulher, existem as causadas por endometriose, mioma ou a síndrome dos ovários policísticos.

Dieta restritiva

Fazer dieta é bom, quando é saudável. Assim como não se deve exagerar no excesso, também não se deve exagerar na restrição. Pessoas que fazem dietas muito restritivas correm o risco de ter deficiência de nutrientes no organismo. Nas mulheres, esse efeito pode causar o atraso menstrual.

Curetagem ou cirurgia na região pélvica

Depois de passar por procedimentos como a curetagem ou algum tipo de cirurgia na região pélvica, também é comum que a menstruação demore um pouco para voltar ao ciclo normal.

Menopausa precoce

menopausa precoce é percebida antes dos 40 anos, que seria a idade normal de começar a sentir os sintomas da pré-menopausa. Ela costuma acontecer com quem já tem histórico familiar, mas entra na lista de causas a serem investigadas.

Uso contínuo de anticoncepcional

As mulheres que usam algum método anticoncepcional de forma contínua, ou seja, sem pausas para menstruar, também poder ter atraso na menstruação quando decidirem parar com o método por algum motivo.

Leia também!

Deixe um comentário