Reposição hormonal feminina com adesivos

Menopausa e a reposição hormonal

menopausa é uma fase muito delicada na vida das mulheres, onde uma série de alterações hormonais estão acontecendo e acabam resultando nos terríveis incômodos deste período, tais como os calorões, a insônia, o ganho de peso, as irritaçõe

Todas estas mudanças acontecem em razão da queda hormonal, que afeta as funções do corpo e do organismo da mulher, que dá sinais de que as coisas não estão em ordem’.

Para lidar com esse desequilíbrio, o indicado é que as mulheres busquem fazer a reposição hormonal feminina, que pode ser feita de diferentes maneiras: natural, sintética e transdérmica.

Terapia de Reposição Hormonal (TRH)

A TRH costumava ser uma das opções mais conhecidas quando o assunto é reposição hormonal. No entanto, um grande número de mulheres está se mostrando contrária a este tipo de tratamento, em razão de seus possíveis efeitos colaterais.

Feita a base de hormônios sintéticos, produzidos em laboratório, a TRH busca equilibrar os níveis hormonais femininos, amenizando os sintomas da menopausa. Geralmente, os efeitos são sentidos rapidamente, mas nem todas as mulheres notam melhoras.

Alguns riscos da TRH envolvem: aumento do risco de câncer de mama, não sendo indicado para quem possui casos na família; ganho de peso; perda auditiva; náuseas e sensibilidade vaginal.

Reposição hormonal feminina natural

Optar pela reposição hormonal feminina natural é a maneira mais segura e saudável para lidar com os incômodos da menopausa, e tem sido a opção cada vez mais escolhida por mulheres que estão passando por esta fase.

Ela consiste em utilizar métodos naturais como alimentos, hábitos saudáveis e suplementos vitamínicos, que ajudam a suprir as necessidades do organismo feminino, estimulando e equilibrando a produção hormonal, amenizando os sintomas da menopausa.

Reposição hormonal feminina com adesivos

A reposição hormonal feminina transdérmica é feita através de adesivos. Esses adesivos são aplicados sob a pele, geralmente na região dos glúteos, sendo substituídos semanalmente.

Cada um dos adesivos contém doses hormonais, que ajudam a equilibrar os níveis de hormônio no organismo. E, segundo estudos, este método é mais seguro do que a TRH feita com hormônios sintéticos, tendo riscos reduzidos de acidente vascular cerebral.

Quanto aos efeitos colaterais, os mais citados são em relação a coceira e alergia no local onde é aplicado o adesivo (sendo comum em cerca de 80% dos casos). Fora isso, não há muitos outros efeitos colaterais prováveis.

Qual a melhor opção de tratamento para fazer reposição hormonal?

A reposição hormonal feminina pode ser feita de diferentes formas, como você viu. No entanto, para saber a mais indicada para o seu caso, é necessário procurar um médico, que fará a análise dos seus sintomas, organismo e demais fatores que pode influenciar no tratamento. Apenas um profissional poderá te apontar o melhor caminho!

Também cabe ressaltar a importância de redobrar os cuidados com a saúde durante a menopausa e ter um acompanhamento médico mais frequente. Além disso, qualquer tratamento que você fizer, o indicado é que seja feito com um acompanhamento médico.

E você, também está na menopausa? Procure um médico e comece o quanto antes um tratamento para te ajudar a ter o bem-estar que você tanto merece.

Leia também!

Deixe um comentário