Saiba tudo sobre Reumatismo

O reumatismo é um termo genérico que se dá às doenças que provocam inflamação. Uma dor aqui, outra dor ali. Tenho reumatismo? Fique tranquila.

Neste artigo vamos abordar um pouco mais sobre suas causas, sintomas e demais assuntos sobre o reumatismo. Para começar, você não deve achar que qualquer dor é uma doença reumática, pois elas formam um conjunto amplo e diversificado de enfermidades.

Apresentando formas diferentes quanto à intensidade da dor, incapacidade e até mesmo risco de vida, o reumatismo é caracterizado por reunir, num único grupo, doenças cujas manifestações principais são inflamações e degenerações do tecido de músculos e articulações.

Então quais são essas doenças?

São várias as doenças pertencentes ao grupo do reumatismo, como:

  • Artrite comum;
  • Febre reumática;
  • Gota;
  • Artrite reumatoide;
  • Artrose.

Ainda sem uma classificação definida, médicos e especialistas preferem isolar os tipos para facilitar diagnóstico e tratamento. Essas doenças reumáticas podem atingir apenas as articulações ou tecidos conjuntivos de outros órgãos e o tecido nervoso, simultaneamente e de forma aguda ou crônica.

As doenças mais conhecidas são a artrite reumatoide, osteoporose, febre reumática, lúpus, tendinite, fibromialgia, bursite e outras patologias que incidem sobre a coluna vertebral.

Reumatismo é uma doença de velho?

Não. O reumatismo pode ocorrer em qualquer idade, de recém-nascidos até crianças e jovens. As estatísticas apontam para quase 20 milhões os brasileiros que apresentam algum tipo da doença.

Isso gera sofrimento pessoal e problemas na vida socioeconômica, sendo uma das doenças que estão entre as principais causas de incapacidade física e afastamento temporário e definitivo da vida laboral.

Vale ressaltar que o reumatismo não é contagioso e pode ser causado por fatores genéticos, traumatismo, trabalho excessivo, estresse, obesidade, sedentarismo, ansiedade e depressão. Em qualquer idade, ele deve ser tratado corretamente a fim de dar melhora na qualidade de vida, ausência de dores e sem deformidades articulares.

Doenças reumáticas e seus grupos

Doenças do osso

Infecções, como tumores malignos e benignos, e osteoporose podem causar dores reumáticas. No caso de osteoporose, há dor apenas quando ocorre fratura óssea.

Artrites

São as doenças que causam inflamação das articulações. Podendo ter diversas origens, são determinantes quanto à rapidez no tratamento e às chances de atingir demais articulações e órgãos do corpo.

Doenças dos tendões

Causadas principalmente por esforços físicos em excesso. Como exemplo, temos a sobrecarga de atividades físicas e profissionais, ainda que também podem surgir em decorrência de outras doenças inflamatórias.

Artroses

Geralmente resultado de uma evolução crônica, são um desgaste contínuo das articulações, sempre com poucos sinais de inflamação. Lembre-se de que seu surgimento é um processo natural do nosso organismo ao envelhecermos.

Doenças da coluna vertebral

Esta merece toda a sua atenção, pois são todas as dores já conhecidas na coluna lombar e cervical. Atrás de reclamações de dores nessas áreas podem estar os processos de desgaste e inflamação nas articulações e coluna.

reumatismo

Sintomas

São vários os sintomas do reumatismo, embora a mais comum seja as terríveis dores locais e até generalizadas, acompanhadas de inflamações e incapacidade física. Entretanto, pessoas com reumatismo ou alguma das doenças reumáticas podem apresentar sintomas como:

  • Lesões na pele;
  • Fadiga;
  • Calor e dor nas articulações;
  • Edemas e inchaços localizados;
  • Emagrecimento;
  • Fraqueza muscular;
  • Febre;
  • Dores de cabeça;
  • Queda de cabelo;
  • Rigidez matinal.

Tratamento do reumatismo

Basicamente, tratar reumatismo, assim como doenças reumáticas, é feito com o uso de anti-inflamatórios e analgésicos. Bom lembrar que, além de Injeções e medicamentos próprios, o controle do reumatismo também pode ser feito com fisioterapia.

Vantagens da fisioterapia contra o reumatismo

A fisioterapia resulta numa reeducação física e funcional ao paciente, aliviando dores e aquela rigidez nas articulações, ajudando na recuperação do reforço, do relaxamento muscular e dos movimentos, além de prevenir deformidades.

Evitando e amenizando sequelas, a fisioterapia também auxilia na reabilitação laboral, devolvendo o potencial para realizar as tarefas do dia a dia e readaptando o paciente ao seu novo estilo de vida.

Outra grande vantagem da fisioterapia é a de amenizar as causas dos sintomas. Para o tratamento ser mais completo, com a ajuda de um fisioterapeuta você pode dispor de recursos extras, como:

  • Reforço muscular;
  • Alongamentos;
  • Gelo;
  • Laser;
  • Ultrassom;
  • Correntes elétricas;
  • Massagens.

Outro tratamento eficaz pode ser o uso de piscina térmica, ou a hidroterapia. Aqui são feitas técnicas para a mobilização das articulações e de reforço muscular, chegando a possibilitar o alívio imediato das dores e dando uma enorme sensação de prazer e bem-estar.

Importante: para a reabilitação ser completa e abrangente, melhorando significativamente a qualidade de vida dos pacientes, todo e qualquer tratamento fisioterápico precisa ter uma abordagem global, com acompanhamento integral.


Leia também!

Deixe um comentário